Veronica Esteves | Quero mudar
15724
post-template-default,single,single-post,postid-15724,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1200,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-content-sidebar-responsive,transparent_content,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Quero mudar

Muitos são os motivos que levam as pessoas a encararem as mudanças. Algumas pessoas lidam de forma natural com isso, outras nem tanto. A todo instante vemos e ouvimos histórias de sucesso de pessoas que são capazes de superar limitações, situações adversas e caminhar aprendendo a dançar na chuva, com aparente facilidade. Encontramos, também, pessoas que nos trazem relatos de dificuldades sentindo-se truncadas e até mesmo paralisadas diante da vida. Normalmente são estes últimos que chegam até mim, contando, cada qual a sua maneira, situações diversas que evidenciam descrenças, falta de perspectiva, energia, motivação e até mesmo sentido de vida. Para eles tudo parece “não ter solução” .  A meu ver, um lindo desafio que me empolga a criar, junto com elas, um espaço de oportunidade para seu desenvolvimento na medida em que colocam a sua disposição a capacidade de resolver questões que interferem no fluir de suas vidas.

Mudanças são possíveis e estas partem de dentro de nós. Somos capazes de desenvolver novos hábitos e comportamentos. Podemos usar nossas forças, dispondo delas para adquirir novas habilidades e competências. Vamos, ao longo de nossa trajetória, construindo e desconstruindo, reprogramando e reconfigurando a visão de si mesmo, do mundo e propósitos de vida em busca de felicidade. Podemos atuar de forma autônoma, responsável e comprometida, cada qual dentro do seu ritmo e disposição, buscado recursos para agir no mundo com aquilo que temos de melhor, descobrindo possibilidades de realização e desafiando a nós mesmo.

Todo ser humano se constitui em potência. Mas, de nada adianta ter esta potência e não a utilizarmos a nosso favor. Esta precisa de intencionalidade para que possa ser direcionada a algo ou alguém. A consciência, associada à inteligência e vontade, vem para conduzir a intenção. Para transformar nossas potencialidades em atos é fundamental organização e disciplina, ordenando nossas atitudes para que estas se concretizem e se manifestem em comportamentos conscientes. Para isto é necessário o desenvolvimento da flexibilidade e atenção concentrada para expandir e se abrir às oportunidades comprometendo-se com uma nova maneira de ser e fazer as coisas.

Temos a escolha de, diante dos fatos que acontecem em nossa vida, extrapolar aprendizados, empoderar-se, nos tornarmos resilientes e nos responsabilizar pela maneira como encaramos as situações de mudanças. Sempre há a oportunidade de tomar decisões e enxergar opções e saídas criativas para toda e qualquer situação. Basta que acessemos nossos potenciais ao invés de focarmos em nossas limitações e nos colocarmos como vítimas diante da vida. Se tivermos essa consciência podemos iniciar o processo de mudança e superar os medos e entraves, pois temos disponível muitos recursos que podem nos ajudar nesta trajetória.  Cada um de nós é uma obra em construção. Só fica parado quem quer.

Crie experiências mentais positivas, defina um foco, identifique emoções, tenha claro a importância dessa mudança em sua vida como um todo e estabeleça ações que te levarão ao encontro de aprendizado e desenvolvimento. Isso permitirá que você rompa com crenças limitantes que dão medo e o impedem de mudar.

 

 

Sem Comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.

Conecte-se. Inspire-se. Interaja.